Home » História e Heráldica

História e Heráldica

COLARES é uma Vila situada sobre duas colinas da Serra de Sintra e dista apenas a 7 km de Sintra.

Um dos extremos da Freguesia, na longitude Oeste de 9º 30’, é o ponto mais ocidental da Europa: “…onde a terra acaba e o mar começa…”.

Antes da fundação da Nacionalidade, há muito que existia vida humana em Colares.

Do tempo dos Romanos, apareceram, no seu termo, diversas medalhas e inscrições latinas.

Uma delas, encontrada perto da foz do Rio das Maçãs, dizia: “SOLI ET LUNAE CESTIVIUS ACIDIVIS PERENNIS LEG. AVG. PR.

PR. PROVINCIAE LUSITANAE”.

Colares foi conquistada aos mouros por D. Afonso Henriques na sequência da vitória de Sintra, em 1147.

Manteve-se na posse da coroa até 1385, data em que foi doada por D. João I ao Condestável, D. Nuno Álvares Pereira, em recompensa pela sua fidelidade durante a guerra contra Castela.

Voltou à posse do Estado depois da morte da Infanta D. Beatriz, mãe de D. Manuel I.

A velha Vila de Colares, que teve importância nos períodos da Pré e da proto-história teve foral logo nos alvores da nossa Nacionalidade.

A antiga freguesia de Nossa Senhora da Assunção, foi uma reitoria da apresentação da mitra, na antiga comarca de Torres Vedras.

Colares foi sede de Concelho, com foral atribuído por D. Afonso III, em Maio de 1255 e foral-novo de D. Manuel I, em 10 de Novembro de 1516.

Na sequência de uma reforma administrativa, em 24 de Outubro de 1855, o Concelho, acabaria por ser extinto e integrado no de Sintra como freguesia.

In “Roteiro de Colares 2005”

HERÁLDICA
Sem título-1Brasão de Colares segundo a “Colecção dos
Brasões d’Armas das Cidades e Villas da
Monarchia Portugueza” – 1860

Brasão de ColaresBrasão de Armas de Colares

- Por ter sido sede em Vila, o brasão é encimado por uma Coroa Mural de Prata de quatro Torres;

- No interior do escudo, três Colares de ouro que, segundo a lenda, representam o penhor pelas terras adquiridas ao Rei Mouro Zeilão, pela Condessa de Compa, de origem alemã;

- Ao centro, uma Torre de ouro, lavrado de negro, indica ter havido um castelo, posteriormente transformado em palácio, hoje em ruínas;

- Ladeando a Torre, quatro Árvores assentes sobre campo verde, representam a fertilidade da região;

- Sob o escudo, um Listel branco com a legenda “Vila de Colares”.

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=D7meXy1OmdU?hl=en"><img src="http://www.jf-colares.pt/wp-content/plugins/images/play-tub.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

Álbum Fotográfico

Junho 2017
S T Q Q S S D
     
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930